• Viviane Costa

SEJA VOCÊ COMO FOR


As vezes aquele vazio que insiste em ficar, a sensação de sentir-se sozinho mesmo rodeado do mundo é sinal de que quem está te censurando, é você mesmo... Já parou para pensar quanto tempo você se dedica em mostrar quem é você para as pessoas? A cada dia você escolhe ser uma pessoa melhor, mais inteligente, mais alegre. Mas, você faz isso tudo para si ou para os outros? É normal a vontade de querer ser aceito, ser reconhecido, ser admirado, mas nesse caminho mostramos uma perfeição que não existe e esquecemos que o importante é ser perfeito para si mesmo, do jeito que a gente se gosta. O que é para você, pode não ser para o outro.

O vazio pode estar na vontade de querer ser admirado, e esquecemos que nem todas as pessoas se importam, e assim, aos poucos a gente vai se afastando de nós mesmo. E a sensação de prazer em ser único, vai se transformando em querer ser mais notado do que amado.


Não se perca mostrando ao mundo o que só você precisa ser. Seja você quem for.


Por Viviane Costa

0 visualização

YOGA POR VIVIANE COSTA